Classificados

Tenho um amigo que anda à procura de quarto. Há uns meses atrás também fiz o mesmo, como tal fiz uma grande pesquisa onde reparei que vários anúncios para arrendar quarto são muito parecidos com alguns perfis do MH, Gaydar, etc.


Começando pela descrição, os quartos são sempre grandes, com tudo o que é preciso para estares confortável. Quando chegamos ao respectivo quarto, mal conseguem estar duas pessoas e tem uma cama de solteiro e um armário. Já nos perfis é exactamente a mesma coisa, todos os homens têm pila XL ou XLL e são umas bombas na cama (são sensuais e sexys). No entanto, quando chega a hora H, ou está muito frio ou tiveram um dia muito cansativo.

Passando para as fotos, os melhores ângulos são usados para que tudo (quarto ou corpo) pareça maior e melhor. Normalmente usam fotos que tiraram quando a casa foi inaugurada ou quando eles tinham 20 anos. Já tenho perfis nas "redes socais gays" há muitos anos e por incrível que pareça, há pessoas que pararam no tempo. Usam a mesma foto que há 10 anos atrás. Como é a primeira impressão que conta até entendo este truque, mas quando, além de usarem a mesma foto, também usam o mesmo discurso (palavra a palavra), já é algo para desconfiar. Existe um casal que sempre que faço um novo perfil no Gaydar, enviam-me a mesma mensagem, exactamente as mesmas palavras e as mesmas fotos privadas. Como vou mudando de foto, imagino que eles enviem aquela mensagem para dezenas de pessoas para ver quem morde o isco, neste caso, quem fica no meio dos dois.

Durante uma conversa com o meu amigo, ele comentou que ia escrever que procurava casa no Grindr. Não é que seja novidade usar o perfil de engate para arrendar quartos, eu tive uns meses numa casa que conheci através dessa aplicação. Porém, imaginem encontrar um perfil em que as fotos principais são uma mesa de sadomasoquismo, uma mesa cheia de vibradores de todos os tamanhos e um punho enfiado num rabo e como titulo - Alugo Quarto.
Será que alguém vai perguntar informações sobre o quarto e cogitar em dividir casa com este homem? Não que exista algo de errado com esses fetiches, cada um é livre de gostar do que quiser, mas não sei até que ponto gostava de dividir casa com uma versão menos boa do Christian Grey. Uma coisa é certa, ia ter muitas aventuras para escrever.

Com este perfil, fiquei a pensar - o sexo faz parte da nossa vida e sem ele o nosso dia-a-dia não tinha a mesma piada. Mas será que nos dias de hoje, em que as pessoas querem tudo ao mesmo tempo, já não conseguem deixar o sexo de parte para viverem outros aspectos da vida?

1 comentário:

João Eduardo disse...

||||||||||||
Por esse teu relato, este mundo é mesmo cínico.
As pessoas não se dão conta do ridículo em que se atiram, pensando que os outros pensam como eles. No fundo tudo soa a lixo, e o filtro que temos que utilizar é cada vez maior. As escolhas terão quer ser cada vez mais selectas.

Abraço